Hospital Especializado
Entre em contato (16) 3913-0004

A dor na coluna cervical é um dos principais problemas que acompanham grande parte da população e representa a primeira causa de falta ao trabalho e a segunda maior razão de procura ao médico.

Aproximadamente 95% das pessoas que procuram ajuda no consultório ou em hospitais com dor nas costas não possuem um problema grave. Nestes casos, o uso correto de medicamentos, o descanso, a mudança de algum hábito de postura e a fisioterapia resolvem a questão em pouco tempo.

Mas cerca de 5% daqueles que têm dores nas costas apresentam problemas que necessitam tratamentos mais especializados, como alguns tipos de hérnia de disco e de osteoartrose nos idosos, além de outras doenças mais específicas. Entre estes, uma minoria não responde a tratamentos convencionais e demanda por procedimentos intervencionistas.

O Hospital Especializado avançou bastante nos últimos anos em técnicas, tecnologias e procedimentos para tirar a dor e solucionar lesões na coluna vertebral com altíssimo índice de sucesso.

  • A prática regular de atividades físicas, o combate ao tabagismo e o controle da obesidade são importantes aliados para a boa saúde da coluna, uma pilha de ossos chamados vértebras ligados por articulações e separados por discos de cartilagem. Ela serve de apoio a outros ossos do esqueleto e protege a medula espinhal, de onde saem os nervos responsáveis por todos os movimentos e sensações;

  • Na vigência de um quadro doloroso da coluna em que não há lesão neurológica associada, existem outras alternativas para a cirurgia tradicional ou com instrumentação. Nesses casos podem ser utilizados os procedimentos minimamente invasivos como bloqueios anestésicos ou infiltrações, rizotomias por radiofreqüência, discectomias percutâneas e as cirurgias endoscópicas;

  • Frequentemente os procedimentos são realizados em ambiente ambulatorial do centro cirúrgico, com anestesia local, uso de sedação e alta hospitalar no mesmo dia, proporcionando ao paciente um rápido período de recuperação;

  • Em geral, as dores são posturais, musculares ou ligamentares associadas a movimentos de rotação ou torção do tronco carregando peso, longos períodos na mesma posição sem se mexer ou pequenos incidentes em casa ou no trabalho ao se levantar ou abaixar, bem como relacionadas a treinamentos esportivos. Nestes casos, um especialista deve sempre ser procurado e sem demora.